6 Frutas que auxiliam no Controle do Diabetes

Quem tem diabetes sempre fica na dúvida: devo comer frutas ou não? Afinal, o sabor adocicado delas vem de um açúcar, a frutose. A boa notícia é que a frutose, por se tratar de um açúcar natural, não faz mal para a saúde do diabético, desde que as frutas sejam consumidas nas quantidades certas.

As porções variam de pessoa para pessoa, mas, no geral, o ideal é de três a cinco por dia e, no caso dos diabéticos, as frutas com nível glicêmico mais elevado devem ficar apenas para a sobremesa, não a refeição principal. Entre elas, estão o abacaxi, a laranja, a manga, a banana e a melancia.

tem diabetes?

Porém, preste atenção: as porções têm como base frutas de tamanho pequeno a médio, então não exagere. E, sempre que possível, consuma frutas com casca e bagaço. Além disso, algumas delas são mais benéficas do que outras no tratamento do diabetes e, aqui, trazemos uma lista que vai ajudá-lo bastante na hora de passar na feira! Vamos conferir?

maca-para-diabetes

Maçã

Fonte de minerais, vitaminas e antioxidantes, é outra característica da maçã que chama a atenção para quem tem diabetes: uma fibra chamada pectina. Ela é uma grande aliada no controle da glicemia, na redução o colesterol ruim e no combate à pressão alta, e também diminui as chances de câncer de mama e cólon.

Além disso, os açúcares da maçã são liberados lentamente no sangue e, assim, você evita os picos de glicemia. E vários estudos já mostraram que essa fruta ajuda a curar o pré-diabetes e, aparentemente, também protege o corpo do diabetes tipo 2, de acordo com os resultados de um estudo recente.

E, agora que você já está com água na boca para comer uma maçã, veja mais estas dicas:

  • A maçã cozida com canela é uma excelente receita para prolongar a sensação de saciedade. Além de deliciosa.
  • Quando for cortar a maçã, abandone o jeito clássico: de cima para baixo retirando o miolo. Corte em tiras laterais e a parte fibrosa vai ficar imperceptível e não precisará ser jogada fora!

blueberry-para-diabetes

Blueberry

Não é uma fruta comum no Brasil, mas temos certeza de que você a tem visto cada vez mais no mercado, nem que seja em produtos industrializados, não é mesmo? Chamada em português de mirtilo, ela tem um papel muito importante para quem tem diabetes. A American Diabetes Association chama as blueberries de “superalimento” por serem ricas em nutrientes, como fibras e antioxidantes, que trazem muitos benefícios para os diabéticos.

As blueberries podem ajudar o corpo a processar a glicose e obter energia, aumentando, assim, a sensibilidade à insulina e controlando o açúcar no sangue. Além disso, a porção de uma xícara de blueberries tem apenas 83 calorias e substitui muito bem lanches calóricos, como salgadinhos. Porém, não abuse, pois essa frutinha tem alto nível glicêmico.

Fresh avocado

Abacate

O abacate aparece como uma excelente opção porque quase não contém açúcar, mas tem gorduras compostas por ácidos graxos monoinsaturados, que aumentam o colesterol bom (HDL) e reduzem o colesterol ruim, além de ajudarem no metabolismo da glicose e diminuírem a resistência à insulina.

Outro componente do abacate é o magnésio, um nutriente que é importante para a produção de energia e que ajuda no metabolismo da glicose. Além disso, o abacate tem cálcio, fósforo, ferro, fibras e vitamina E, um antioxidante que atua na prevenção dos danos celulares, regenera os tecidos e melhora a circulação do sangue. Porém, cuidado: como é fruta calórica, ele deve ser consumido com moderação.

cereja-fruta-para-diabetico

Cereja

Parece contraditório, mas quem tem diabetes pode comer essa fruta docinha; o teor de açúcar natural da cereja na verdade pode ajudar a controlar os níveis de glicose no sangue. Além disso, a cereja é uma das frutas com teor mais alto de antioxidantes, como luteína e betacaroteno, que ajudam na prevenção do diabetes tipo 2.

Os dois tipos de cereja mais comuns são as doces, que costumam ser ingeridas in natura, e as ginjas, usadas em conservas e bebidas. As duas são parecidas nutricionalmente, têm poucas calorias e índice glicêmico de 22, que pode ser considerado baixo, se comparado com o de outras frutas doces.

Um estudo da Universidade de Michigan com ratos concluiu que as cerejas ajudam a diminuir o acúmulo de gordura na barriga, condição que costuma ser associada ao diabetes tipo 2. A pesquisa também provou que ingerir cerejas ajuda a reduzir o colesterol e o triglicérides. Portanto, consumidas em moderação, as cerejas estão liberadas para os diabéticos.

Limão

As vantagens do limão para a saúde são conhecidas há séculos. Na antiguidade, ele era consumido inteiro, para que todos os seus nutrientes fossem aproveitados. Porém, hoje, é mais comum ele aparecer como suco, em receitas e temperando saladas. Altamente rico em vitamina C, o limão também tem as vitaminas B1, B2 e B3.

Uma grande vantagem para os diabéticos é que o limão reduz a viscosidade do sangue, o que ajuda muito, pois o diabetes traz um risco associado de surgimento de trombose. E seu consumo diário também é indicado no caso de presença de gordura no fígado, pois ele tem a função de ajudar na desintoxicação do organismo. E, se não bastassem todas essas vantagens, os flavonoides do limão regulam o nível de açúcar no sangue!

amora-diabetes

Amora

Apesar do seu alto índice glicêmico, a amora tem compostos que aceleram e estimulam a liberação de insulina, o que contribuiu para a síntese da glicose. Além disso, ela também ajuda a controlar a pressão arterial e é bactericida e anti-inflamatória.

E tudo se aproveita dessa fruta! Uma receita que ajuda no tratamento do diabetes é o chá de folha de amora, por conta da sua concentração de fibras alimentares. Elas reduzem os níveis de açúcar no sangue, criando uma barreira no estômago para diminuir a absorção da glicose dos alimentos.

Para fazer o chá, você precisa higienizar as folhas e separar de três a cinco. Ferva água e acrescente as folhas. Depois de alguns minutos, você pode servir o chá, quente ou gelado, mas deve consumi-lo imediatamente para não perder os nutrientes.

tem diabetes?

Aproveite!

Ter diabetes não é sinônimo de não poder comer frutas. É claro que algumas – como o caqui, a banana nanica, a uva e a manga – têm mais açúcar do que outras, mas o consumo moderado não é problema algum. E, se preferir ter mais controle, coma as frutas mais indicadas para o tratamento de diabetes, que mostramos aqui: maçã, blueberry, abacate, cereja, limão e amora.

Porém, lembre-se de que o suco tem menos fibras do que a fruta ao natural, e também mais açúcar. Por isso, depois de tomá-lo, você sente fome de novo em pouco tempo e o açúcar no sangue aumenta mais rápido. Assim, prefira comer as frutas mesmo, com casca e tudo!

Quais são suas frutas favoritas? Elas estão na nossa lista? Comente aqui e compartilhe este texto para todo mundo poder comer frutas sem culpa!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *